Encerra dia 14/12 prazo para inscrições em edital que financiará pesquisas nas áreas de Ciências Naturais, da Computação e Matemática

03/12/2018

Jovens pesquisadores em atuação no Brasil, com nacionalidade brasileira ou não, que receberam o grau de doutor entre 1° de janeiro de 2011 e 31 de dezembro de 2016, no caso de homens; e mulheres com um único filho que obtiveram o grau de doutora entre 1° de janeiro de 2010 e 31 de dezembro de 2016; e as que têm dois ou mais filhos e cuja titulação tenha sido alcançada entre 1° de janeiro de 2009 e 31 de dezembro do ano já citado, são o público alvo da 2ª Chamada Pública para Projetos de Pesquisa do ano de 2018 do Instituto Serrapilheira, cujo prazo final para envio da proposta é dia 14 de dezembro.

Além disto, os candidatos também devem realizar pesquisa científica e ter cargo permanente, como professor ou pesquisador, em universidade, instituto de pesquisa ou entidade pública ou privada, sediada no país. Não serão aceitos no processo seletivo alunos de pós-graduação, pós-doutouramento, professores substitutos, docentes colaboradores, pesquisadores visitantes ou voluntários. O Instituto Serrapilheira financiará o total máximo de 24 jovens pesquisadores com dotações de até R$ 100 mil pelo período de um ano.

Ao final deste período, todos os projetos contemplados serão reavaliados e, após esta etapa, até três pesquisadores serão selecionados para receber dotações de até R$ 1 milhão durante três anos. Encerrado o prazo de três anos estes projetos podem ser renovados anualmente, por período indeterminado e, após processo competitivo, passar a receber financiamento de até R$ 300 mil por ano. Se enquadram nas áreas de financiamento do Serrapilheira os projetos nas áreas de Ciências Naturais (Ciências da Vida, Geociências, Física, Química), Ciência da Computação e Matemática. Não serão apoiadas propostas que pretendam, apenas, continuar a linha de pesquisa atual do proponente e/ou do ex-orientador. A data oficial para início do apoio financeiro será 1° de junho de 2019.

O prazo para o envio das propostas é até às 15h do dia 14 de dezembro de 2018, horário de Brasília, lembrando que, nesta data, estará em vigor no país o horário de verão e os estados do Nordeste não estarão inclusos, portanto, para os pesquisadores do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) aptos para submissão de propostas e que, porventura, se interessarem em participar do certame, o deadline será até às 14h do dia 14 de dezembro. O cadastro e submissão de propostas deve ser feito pelo endereço eletrônico https://serrapilheira.org

Os projetos submetidos para aprovação e possível financiamento devem ser realizados no país, embora seja admitido que parte da atividade seja desenvolvida no exterior, a exemplo de trabalhos de campo ou colaborativos de pesquisa. Pesquisadores em atividade exclusiva em instituições estrangeiras não estão qualificados para receber financiamento do Serrapilheira por meio da Chamada 02/2018, uma vez que não há portabilidade das dotações financeiras da instituição para outros países.

SOBRE O SERRAPILHEIRA

O Instituto Serrapilheira é uma instituição privada sem finalidade de lucro, que tem como objetivo financiar pesquisas de excelência com foco na produção de conhecimento e iniciativas de divulgação científica, que deseja contribuir para a construção de uma cultura de ciência no país. Através da dotação de recursos oriundos de um fundo patrimonial de R$ 350 milhões, constituído em 2016, apoia projetos de pesquisa e de divulgação científica.

Dentre os objetivos do Serrapilheira estão: incentivar a pesquisa de excelência no Brasil por meio de chamadas públicas, da formação de jovens cientistas para a pesquisa científica de ponta e incentivos de intercâmbios com outros países; estimular o conhecimento científico no país para aumentar o interesse de jovens pela ciência e contribuir para a construção de uma cultura de ciência no Brasil; além de incentivar a diversidade de raça e de gênero na ciência brasileira.

O Serrapilheira busca jovens cientistas que proponham grandes perguntas em suas áreas de atuação e que tenham potencial para desenvolver, ou que já desenvolvam, pesquisa de excelência. Este é o único critério de seleção de propostas, de acordo com as informações contidas no site da instituição. A qualidade e rigor da pesquisa desenvolvida pelos candidatos, até o momento, serão avaliados, independentemente do número de artigos publicados. Eles afirmam que serão escolhidos os melhores candidatos, quaisquer que sejam os campos de pesquisa em que atuem.

As atividades de pesquisa propostas devem obedecer a princípios éticos e às normas vigentes no Brasil. É cobrado aos pesquisadores, pela instituição, respeito à saúde humana e dos animais, bem como aos direitos de privacidade, integridade física, proteção de dados e não discriminação, e avisa aos interessados em participar dos editais lançados por ela que o desrespeito a qualquer um desses direitos pode incorrer no cancelamento da dotação. Mais informações sobre a Chamada Pública 02/2018 e sobre o Instituto Serrapilheira podem ser obtidas no site https://serrapilheira.org/  (Fonte: site da instituição e edital da chamada pública em questão)



Veja Mais

I Encontro de internacional de grupos de pesquisa em Direitos Humanos e Antropologia Legal

I Encontro de internacional de grupos de pesquisa em Direitos Humanos e Antropologia Legal

08/04/2019 - Nos dias 20 e 21 de maio de 2019, em Aracaju, acontece o I Encontro Internacional de grupos de pesquisa em Direitos Humanos e Antropologia L...

Governo de Sergipe deve destinar R$ 15 milhões para a Ciência, Tecnologia e Inovação em 2019

Governo de Sergipe deve destinar R$ 15 milhões para a Ciência, Tecnologia e Inovação em 2019

04/04/2019 - Como resultado dos esforços do governo de Sergipe, R$ 15 milhões devem ser destinados para a Ciência, Tecnologia e ...

Pesquisas do ITP são apresentadas em mesa redonda durante a Semex

Pesquisas do ITP são apresentadas em mesa redonda durante a Semex

26/03/2019 - “Você não sabe, mas é desenvolvido aqui! – cases do ITP”. Este foi o tema da mesa redonda ocorrida na ...

Pesquisadora do ITP ganha prêmio de inovação por transformar casca de sururu em matéria-prima para insumo da Construção Civil

Pesquisadora do ITP ganha prêmio de inovação por transformar casca de sururu em matéria-prima para insumo da Construção Civil

20/03/2019 - O que fazer com quatro toneladas diárias de um resíduo rico em Cálcio, Magnésio e Fósforo, que pode ser r...