Aracaju é a capital brasileira da termodinâmica

17/11/2015
Aracaju é a capital brasileira da termodinâmica
Aracaju é a capital brasileira da termodinâmica

Desde a última segunda-feira, 16 de novembro, até a próxima sexta, 20, Aracaju sedia o VIII Congresso Brasileiro de Termodinâmica (VIII CBTermo), evento organizado pelo Núcleo de Estudos em Sistemas Coloidais do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (NUESC/ITP) e Universidade Tiradentes (Unit). O congresso reúne cerca de 200 pessoas, entre pesquisadores e profissionais que atuam no desenvolvimento e na aplicação da Termodinâmica em setores de interesse tecnológico e industrial, das mais diversas áreas de atuação como as Engenharias Química, de Petróleo, Ambiental, Mecânica e de Alimentos; Química e Física, além de outras áreas afins.

A termodinâmica é o ramo da físico-química que estuda as relações de troca de energia sendo utilizada em vários processos do cotidiano como em sistemas de refrigeração, em processos de refino e tratamento na indústria do petróleo, e nos mais diversos projetos de separação baseados no equilíbrio. É aplicada em distintos setores, como: agroquímicos e biomassa, gás e óleo (downstream e upstream), petroquímica, energias renováveis, farmacêuticos e cosméticos, nanociência e nanotecnologia, engenharia de produtos e de processamento, e meio ambiente.

As atividades do CBTermo estarão acontecendo no campus Farolândia da Universidade Tiradentes. Na segunda-feira aconteceram os cursos: Introduction to Statistical Thermodynamics, ministrado por Walter G. Chapman, Chemical and Biomolecular Department – Rice University, Texas - EUA; “Estimação de Parâmetros em Modelos Termodinâmicos”, por Márcio Schwaab, do Departamento de Engenharia Química da Universidade Federal do Rio Grande do Sul; e “Equilíbrio de Fases em Sistemas Pressurizados”, curso ministrado por Lúcio Cardozo Filho, do Departamento de Engenharia Química – Universidade Estadual de Maringá, e Leandro Ferreira Pinto, do Departamento de Engenharia Química da Universidade Federal de Alagoas.

Hoje, 17 de novembro, os cursos estão sendo sobre “Aplicações de Dinâmica Molecular”, ministrado por Charlles Rubber de Almeida Abreu, do Departamento de Engenharia Química/Escola de Química da UFRJ; “Introdução ao simulador comercial PRO/II”, por Bruna Giron, Sr Customer Support Engineer, Global Solutions-Schneider Eletric, SP; e “Determinação de propriedades Interfaciais empregando Tensiometria da Gota Pendente”, curso ministrado por Alain Cagna (Teclis Instruments – França) e Douglas Alves, do NUESC/UNIT.

A palestra de abertura do congresso brasileiro ocorre na noite desta terça-feira, às 19h, no auditório do Bloco G do Campus Farolândia. Professor Marcelo Castier, Chemical Engineering Program, Texas A&M, Qatar, abordará o tema “Modelos termodinâmicos para fluidos confinados em meios porosos”. A participação maciça dos pesquisadores nacionais e a crescente participação de renomados pesquisadores internacionais da área fazem do CBTermo um dos momentos mais importantes para o encontro e discussão da termodinâmica pela comunidade científica e tecnológica nacional.

“Trazer o CBTermo para Aracaju é importante para colocar em evidência atividades de pesquisa e desenvolvimento que realizamos no ITP/Unit. A congregação de renomados e experientes cientistas da área de termodinâmica dentro da Unit certamente promoverá novas oportunidades de parcerias e colaborações em níveis nacional e internacional. O CBTermo tem também um forte viés de formação com a escola de estudos avançados em termodinâmica, que conta, nesta edição, com seis cursos ministrados por renomados pesquisadores”, explicou o Prof. Dr. Cláudio Dariva, pesquisador do ITP, professor da Unit e presidente do congresso brasileiro.

Ainda de acordo com as informações de Cláudio Dariva, em Sergipe existem muitos processos e setores industriais que têm interação ou aplicação direta dos estudos de termodinâmica, como o do petróleo e gás, biocombustíveis, cítricos, frutas e alimentos.



Veja Mais

Pesquisadora do ITP ganha prêmio de inovação por transformar casca de sururu em matéria-prima para insumo da Construção Civil

Pesquisadora do ITP ganha prêmio de inovação por transformar casca de sururu em matéria-prima para insumo da Construção Civil

20/03/2019 - O que fazer com quatro toneladas diárias de um resíduo rico em Cálcio, Magnésio e Fósforo, que pode ser r...

XVII COLACRO acontece em Aracaju

XVII COLACRO acontece em Aracaju

19/03/2019 - De 14 a 19 de julho de 2019 acontece, em Aracaju/SE, no Campus Farolândia da Universidade Tiradentes, o XVII Congresso Latino-American...

É do ITP um dos dois pesquisadores Sênior do CNPq na área de Engenharia Química em todo o país

É do ITP um dos dois pesquisadores Sênior do CNPq na área de Engenharia Química em todo o país

19/02/2019 - No Brasil existem apenas dois bolsistas de Produtividade Sênior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnol&oac...

Laboratório do ITP é referência em análise de detecção da bactéria Escherichia coli em água para consumo humano

Laboratório do ITP é referência em análise de detecção da bactéria Escherichia coli em água para consumo humano

07/02/2019 - Entre os meses de maio e junho de 2011 o mundo ficou em alerta por causa do surto de infecção pela bactéria Escherichia...