Pesquisador do ITP recebe medalha Dom Távora de Direitos Humanos

10/12/2019

Após ter a luta em defesa dos direitos humanos dos povos de axé, principalmente à liberdade de culto religioso, reconhecida pelo Ministério dos Direitos Humanos, em 2018, quando recebeu o prêmio Direitos Humanos na categoria Liberdade Religiosa, o pesquisador do Instituto de Tecnologia e Pesquisa, Dr. Ilzver Matos, foi homenageado, nesta segunda-feira, dia 9 de dezembro, com a outorga da Medalha Direitos Humanos Dom José Vicente Távora, concedida pela Assembleia Legislativa do Estado de Sergipe durante Sessão Especial.

Além do Dr. Ilzver Matos outras 14 pessoas foram agraciadas com a medalha, dentre elas, a Conselheira Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Adélia Moreira Pessoa; o promotor de Justiça Deijaniro Jonas Filho; a fundadora da Avosos (in memoriam), Maria Ruth Wynne Cardoso e o fundador da creche Almir do Picolé, Almir Almeida Paixão. A medalha foi instituída por meio do Projeto de Resolução 10/2010, de autoria da então deputada estadual Ana Lúcia Menezes, com o intuito de reconhecer, anualmente e em virtude das comemorações pelo Dia Internacional dos Direitos Humanos (10/12), o trabalho e o esforço daqueles que atuam na promoção e defesa deste bem em Sergipe. O evento foi promovido pela Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da ALESE, que tem como presidente a deputada estadual Kitty Lima.

A Vice-presidente da OAB-SE, Ana Lúcia Aguiar e o Dr. Ilzver Matos

Dr. Ilzver Matos é um defensor incansável da comunidade negra e das religiões de matriz africana no Estado. Para ele, é inadmissível que, em pleno século XXI, ainda tenha que existir ferrenha busca por direitos fundamentais para que o cidadão possa, por exemplo, professar livremente a fé que escolheu. “Estou honrado por ter sido um dos agraciados com uma honraria que tem, como patrono, o criador do Movimento de Educação de Base, Dom José Vicente Távora, um ser humano que foi o responsável pela transformação da vida de tanta gente carente em Sergipe”, declarou.

Para o pesquisador, ser reconhecido é muito importante, pois, é uma forma especial de consideração ao que é feito, ao que é produzido, àquilo em que se acredita. Outra felicidade, segundo ele, foi a indicação à homenagem tanto pela militância que pratica quanto pelas relevantes pesquisas e produção teórica sobre racismos e direitos humanos, desenvolvidas no Instituto de Tecnologia e Pesquisa e na Universidade Tiradentes. “Estou muito feliz em ter sido homenageado com essa medalha, que reverencia todo esse conjunto de pessoas e instituições que apoiam e lutam conosco nessas causas. Agradeço ao deputado Iran Barbosa pela indicação, e à ALESE pela concessão da honraria”, reconheceu Dr. Ilzver Matos.

Doutor em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, foi bolsista do Programa Internacional de Bolsas de Pós-Graduação da Fundação Ford – International Fellowship Program (IFP). Além de pesquisador do ITP é professor titular do Mestrado em Direitos Humanos da Universidade Tiradentes, presidente da Associação Brasileira de Pesquisadores e Pesquisadoras pela Justiça Social (ABRAPPS), e membro titular da FLACSO Espanha. Na área do Direito, as ênfases de atuação de Dr. Ilzver estão nos Direitos Público e Constitucional, e nos Direitos Humanos, com atuação para os temas do desenvolvimento sustentável, comunidades tradicionais, desigualdade racial, intolerância religiosa e políticas públicas.

SOBRE DOM TÁVORA

O padre dos operários, como era chamado Dom José Vicente Távora, por ser grande defensor da classe trabalhadora, da democracia e dos direitos humanos era natural de Pernambuco e chegou a Sergipe em 1958. Foi Arcebispo Metropolitano de Aracaju no período de 1960 a 1970. Criou o Movimento de Educação de Base de Sergipe e fundou a Rádio Cultura que tinha, dentre os objetivos, alfabetizar os pobres. Foi incentivador da luta pela Reforma Agrária em todo o país, pois, a considerava como um ato de justiça social no campo. O trabalho exercido pelo sacerdote motivou o surgimento dos primeiros sindicatos e da federação dos trabalhadores rurais no Estado.



Veja Mais

Ex-Iniciação Científica do ITP tem artigo publicado na Revista Science

Ex-Iniciação Científica do ITP tem artigo publicado na Revista Science

28/07/2020 - Por Andréa Moura Há 21 anos o Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) vem auxiliando na descoberta de novos talentos para a ...

Dra. Cristiane Porto, pesquisadora da área de Educação, assume a coordenação do CA de Divulgação Científica do CNPq

Dra. Cristiane Porto, pesquisadora da área de Educação, assume a coordenação do CA de Divulgação Científica do CNPq

27/07/2020 - Há menos de dois anos integrando o Comitê de Assessoramento de Divulgação Científica do Conselho Nacional ...

Pesquisador do Instituto de Tecnologia e Pesquisa passa a integrar CA de Engenharia Química do CNPq

Pesquisador do Instituto de Tecnologia e Pesquisa passa a integrar CA de Engenharia Química do CNPq

23/07/2020 - Uma consulta feita à comunidade científico-tecnológica brasileira escolheu o Prof. Dr. Claudio Dariva, pesquisador do I...

Edital de incentivo à pesquisa em educação é apresentado em videoconferência para instituições

Edital de incentivo à pesquisa em educação é apresentado em videoconferência para instituições

08/07/2020 - Lançado no dia 25 de junho, o edital do Programa de Apoio e Desenvolvimento de Políticas Públicas em Educaç&atil...