Dra. Cristiane Porto, pesquisadora da área de Educação, assume a coordenação do CA de Divulgação Científica do CNPq

27/07/2020

Há menos de dois anos integrando o Comitê de Assessoramento de Divulgação Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, a Professora Doutora Cristiane Porto, pesquisadora do ITP e docente da Universidade Tiradentes, foi promovida a coordenadora do Comitê. Ela, que já era a única representante de uma Instituição de Ensino Superior particular a integrar o CA, similarmente, passa ter o mérito de ser a única do segmento a assumir uma coordenação.

Dentre as atribuições de um coordenador de CA estão: supervisionar, com o auxílio dos membros do Comitê e da área técnica, a designação de consultores ad hoc para cada demanda; acompanhar os pareceres destes consultores verificando se são “sólidos” e assegurar que os pareceres finais do Comitê sejam claros e consistentes. Enquanto membro do CA, cujo mandato seria encerrado no mês de julho do ano que vem (2021), Dra. Cristiane Porto teve como missão analisar e debater com os demais membros, sempre ao final de cada chamada, os projetos submetidos e o mérito que cada um possuía, trabalho que é realizado, em média, quatro vezes durante o ano. E foi, justamente, pela dedicação demonstrada ao longo desses quase dois anos integrando o Comitê de Assessoramento, que a pesquisadora do ITP foi eleita, pelo CNPq, para a coordenação.

“O CA de Divulgação Científica atua na perspectiva de analisar o mérito de cada projeto enviado e como este se enquadra na área, como pode colaborar para o fortalecimento e crescimento da mesma. Quando um docente/pesquisador assume um cargo desse nível demonstra que a Instituição da qual ele faz parte tem, em seu quadro funcional, profissionais comprometidos com a pesquisa científica e com a manutenção da seriedade das agências de fomento. Serve, ainda, para dar maior visibilidade à Instituição fazendo-a melhor conhecida no contexto nacional”, declarou a Dra. Cristiane Porto.

SOBRE A PESQUISADORA

Cristiane de Magalhães Porto é doutora Multidisciplinar em Cultura e Sociedade pela Universidade Federal da Bahia, com pós-doutorado em Educação pela Universidade do Rio de Janeiro. No Instituto de Tecnologia e Pesquisa atua na área de Educação e desenvolve pesquisas nas seguintes linhas: “Educação e Comunicação”, “Memória Literária de Feira de Santana”, “Informação e Representação da Informação”, “Projeto Banco de Dados Temático – Tempus” e “Cultura Científica e Internet”.

É bolsista de Produtividade em Pesquisa Nível 2 do CNPq; professora PPG II – I da Universidade Tiradentes, sendo docente do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Curso de Comunicação Social. Atualmente, está diretora da Editora Universitária Tiradentes – Edunit - e é líder do Grupo de Pesquisa Educação, Tecnologia da Informação e Cibercultura (GETIC/CNPq). Dedicada ao estudo da Cibercultura, da disseminação e divulgação da ciência em suporte on-line e impresso, Dra. Cristiane Porto é associada à Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação (AnPED) e à Associação Brasileira de Cibercultura (ABCiber), além de ser membro efetivo da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) no Comitê Brasileiro 14 – Informação e Documentação.

É, ainda, suplente do Conselho Fiscal da Associação Brasileira das Editoras Universitárias; revisora ad hoc da Editora da Universidade Federal da Bahia e membro associado da Associação Brasileira de Jornalismo Científico (ABJC). No ano de 2015 o livro ‘Facebook e Educação: publicar, curtir, compartilhar’, organizado por Dra. Cristiane Porto e pela Dra. Edméa Santos ficou entre os 10 finalistas na área de Educação do Prêmio Jabuti, o mais tradicional prêmio literário do Brasil, criado em 1959 e concedido pela Câmara Brasileira do Livro.



Veja Mais

Tecido cardíaco produzido com nanopartícula de ouro pode ser alternativa para reduzir mortes por infarto

Tecido cardíaco produzido com nanopartícula de ouro pode ser alternativa para reduzir mortes por infarto

04/09/2020 - Inspirar as pessoas a ampliar horizontes por meio do desenvolvimento e da transferência do conhecimento, de tecnologias, produtos e se...

Iniciação Científica pode ser fator decisivo no momento de escolha da futura profissão

Iniciação Científica pode ser fator decisivo no momento de escolha da futura profissão

24/08/2020 - Estar em contato com a pesquisa científica desde os primeiros anos do curso de graduação é importante para desco...

“Estar na ABIPTI é o resultado do meu amor pela ciência”

“Estar na ABIPTI é o resultado do meu amor pela ciência”

10/08/2020 - Por Andréa Moura Uma vida dedicada à Ciência, Tecnologia e Inovação, tanto como pesquisador das ár...

Webinar discute o cenário nacional da prestação de serviços ambientais

Webinar discute o cenário nacional da prestação de serviços ambientais

07/08/2020 - A Rede Nacional de Monitoramento Ambiental (Renama), que é coordenada pelo Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) e fomentada com r...