Projetos do ITP são aprovados no PPSUS

27/09/2018

Oito projetos de pesquisadores do Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) submetidos à seleção do Programa de Pesquisa para o Sistema Único de saúde (PPSUS) foram aprovados, e serão financiados pela Fundação de Apoio à Pesquisa e à Inovação Tecnológica do Estado de Sergipe - Chamada MS/CNPq/FAPITEC/SE/SES – N. 06/2018. O PPSUS tem como objetivo geral apoiar, financeiramente, o desenvolvimento de pesquisas que visem contribuir para a resolução de problemas prioritários de saúde da população brasileira para o fortalecimento geral do SUS, atendendo às peculiaridades e especificidades de cada unidade federativa do país, contribuindo, desta forma, para a redução das desigualdades regionais. Em Sergipe serão financiados 31 projetos neste ciclo de 2018.

As propostas do ITP aprovadas se enquadram nos temas: Programas em Saúde; Vigilância em Saúde (epidemiologia) e Políticas em Saúde. Serão desenvolvidos seguinte sprojetos de pesquisa:

* “Violência sexual e gravidez precoce em crianças e adolescentes no estado de Sergipe: mapeamento dos casos entre 2016-2017 e políticas públicas de prevenção e proteção”, da Dra. Clara Cardoso machado Jaborandy:

* “Avaliação do efeito de membranas bioativas contendo extrato de Stryphnodendron adstringens sobre o processo de reparo cicatricial em pacientes diabéticos, da Dra. Juliana Cordeiro Cardoso;

* “Avaliação e acompanhamento pós tratamento da esquistossomose em crianças de zero a 16 anos da área rural do município de Riachuelo/SE, da Dra. Verônica de Lourdes Sierpe Jeraldo;

* “Violência sexual feminina em unidade de referência no estado de Sergipe”, da Dra. Sônia Oliveira Lima;

* "Qualidade da água como fator de saúde em comunidades quilombolas”, que será coordenado pela Dra. Maria Nogueira Marques;

* “Avaliação do perfil funcional quilombola através de software de classificação internacional de funcionalidade para aplicabilidade no Sistema Único de Saúde”, cujos estudos serão coordenados pela Dra. Edna Aragão Farias Cândido;

* “Produção e caracterização de membrana polimérica em bicamada com liberação rápida de anestésico e controlada de antibiótico nanoparticulado visando aplicação em mucosite oral”; da Dra. Patrícia Severino;

* “Avaliação pré-clínica do potencial terapêutico do extrato hidroetanólico da própolis vermelha de Sergipe e de seus marcadores químicos, contra efeitos adversos (reações extrapiramidais) produzidos por fármaco utilizado no tratamento da doença de Parkinson”; que será coordenado pela Dra. Margarete Zanardo Gomes.



Veja Mais

Pesquisadores do ITP que trabalham com patrimônio genético têm que fazer cadastro no SisGen até 05 de novembro

Pesquisadores do ITP que trabalham com patrimônio genético têm que fazer cadastro no SisGen até 05 de novembro

10/10/2018 - Os pesquisadores do Instituto de Tecnologia e Pesquisa – ITP – que utilizam patrimônio genético brasileiro nos trab...

Docente da Unit e pesquisadora do ITP passa a integrar Comitê de Assessoramento do CNPq

Docente da Unit e pesquisadora do ITP passa a integrar Comitê de Assessoramento do CNPq

09/10/2018 - Desde o dia 1º de outubro do corrente ano, a professora Doutora Cristiane Porto integra o Comitê de Assessoramento de Divulga&cce...

Servidor de e-mail ficará indisponível

Servidor de e-mail ficará indisponível

09/10/2018 - A diretoria do ITP, através do Setor de Tecnologia da Informação e Comunicação, informa aos colaboradores...

CNPq aprova projeto do ITP em chamada sobre desenvolvimento científico, tecnológico e inovação em cooperativismo

CNPq aprova projeto do ITP em chamada sobre desenvolvimento científico, tecnológico e inovação em cooperativismo

02/10/2018 - Traçar caminhos, através de ações de etnodesenvolvimento, para que as cerca de cinco mil comunidades de terreiro...