Evento anual discute avanços e desafios da eletroquímica e divulga resultados científicos e tecnológicos da área

Publicado em 12/11/2015
Evento anual discute avanços e desafios da eletroquímica e divulga resultados científicos e tecnológicos da área
Evento anual discute avanços e desafios da eletroquímica e divulga resultados científicos e tecnológicos da área

Nos dias 10 e 11 deste mês, docentes, estudantes de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado, além de pesquisadores de pós-doutorado estiveram reunidos, no auditório B do Bloco G, Campus Aracaju Farolândia da Universidade Tiradentes – Unit – para o 3º Encontro de Eletroquímica de Sergipe - Enelse.

O evento anual teve início em 2013 em formato de minicurso, e este ano, como diferencial apresentou dois dias de programação científica para discussão dos avanços e desafios da eletroquímica. Além disso, também houve divulgação de resultados científicos e tecnológicos nesta área em Sergipe e outros Estados próximos.

“Este ano pensamos em fazer diferente e promovemos um crescimento no evento trazendo palestras com cientistas de reconhecidas competências para propagar o conhecimento. Para estudantes de iniciação científica é um evento importante, pois desperta a vontade para a pesquisa”, declara o professor Dr. Giancarlo Richard Salazar, presidente da comissão organizadora do Enelse.

O encontro tem como objetivo promover trocas de experiências e cooperações entre estudantes de graduação e pós-graduação, docentes, pesquisadores e profissionais da área de eletroquímica. “A ideia é que a eletroquímica no Estado que, ainda é incipiente, cresça e que consigamos nos tornar referência no Nordeste e no Brasil”, acrescenta o organizador.

A palestra de abertura contou com a presença da professora Dra. Adalgisa Rodrigues de Andrade do Departamento de Química da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto – Universidade de São Paulo. Pesquisador 1 na área de Físico-Química do CNPq, realiza estudos em diferentes áreas de atuação da eletroquímica, principalmente em Eletroquímica Ambiental. Na ocasião, apresentou o tema “Uso da eletroquímica para produção de energia e produtos de alto valor agregado”.

O evento contou ainda com a realização de minicurso de técnicas eletroanalíticas, desenvolvido pela Metron/Autolab; parceiro do Enelse, palestra com o professor Dr. Pedro de Lima Neto, do Departamento de Química Analítica e Físico-química do Centro de Ciências da Universidade Federal do Ceará; sessão de painéis e apresentações orais com premiação para os melhores trabalhos.

O encerramento aconteceu na tarde da quarta-feira, 11 de novembro, com a presença do professor Dr. Artur de Jesus Motheo, do Instituto de Química de São Carlos, da Universidade de São Paulo, que apresentou exemplos da aplicação de tratamento eletroquímicos na despoluição de meios aquosos. (Matéria feita pela Asscom da Unit – Fotos de Marcelo Freitas)



Veja também

Convênio MAR participa do Brasil Offshore 2015

Convênio MAR participa do Brasil Offshore 2015

19/06/2015 - O evento líder de mercado, Brasil Offshore – Feira e Conferência da Indústria de Petróleo e Gás, &ea...

Especialista em doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti vai ministrar palestra em Aracaju

Especialista em doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti vai ministrar palestra em Aracaju

25/02/2016 - O doutor em Ciências da Saúde e chefe do Laboratório de Saúde Pública e Análise de Água da F...

Zoonoses transmissíveis por peixes é tema de palestra em Aracaju

Zoonoses transmissíveis por peixes é tema de palestra em Aracaju

04/02/2016 - Peixe é um alimento saudável, certo? Sim, correto! Mas existem algumas espécies que, se consumidas cruas, oferecem risc...

Acadêmicos do Laboratório de Biologia Tropical do ITP e do Instituto Federal de Sergipe trocam experiências

Acadêmicos do Laboratório de Biologia Tropical do ITP e do Instituto Federal de Sergipe trocam experiências

04/03/2016 - Estudantes do curso Tecnólogo de Alimentos do Instituto Federal de Sergipe (IFS), Campus São Cristóvão, tiveram ...